Guerra do Contestado – Informações a respeito

 contestado 300x199 Guerra do Contestado   Resumo, O que foi, Conclusão

Apesar de vários acontecimentos históricos marcarem o desenvolvimento desse país, nem tantos são sempre lembrados. É importante estudar os conflitos estaduais individualmente, pois mesmo parecido, cada um teve um líder, um caráter e um propósito que, mesmo sendo igual ao parecido, foi planejado de forma diferente.

O assunto desse artigo é a chamada Guerra do Contestado, nome dado a um conflito armado, que ocorreu entre o mês de outubro do ano de 1912 e o mês de agosto de 1916, totalizando um período de quase quatro anos. A guerra ocorreu na região Sul do Brasil, mais precisamente numa área de disputa por territórios entre dois estados dessa região: Paraná e Santa Catarina.

Graças à construção de estrada de ferro entre os estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, muitos camponeses perderam suas moradias, seus empregos e não puderam mais trabalhar para sustentar as famílias.

Pessoas ligadas a uma empresa madeireira também compraram parte da região, deixando mais pessoas sem abrigo e desempregadas.

Quando a tal estrada teve sua construção finalizada, os trabalhadores que auxiliaram no seu desenvolvimento perderam seus empregos e foram deixados sem nenhum tipo de ajuda, sem ninguém dar-lhes importância.

Nessa época, várias pessoas da população pobre, principalmente camponeses sem trabalho ou terra juntaram-se a um religioso chamado José Maria. Esse homem liderou uma comunidade que reuniu milhares dessas pessoas, vivendo sob leis de prosperidade e justiça, e com terras para trabalhar.

A influência do beato, obviamente, desagradou o governo. Sendo assim, foi acusado de querer abalar a ordem e um grupo de militares foi mandado até a comunidade para acabar com aquilo. No conflito, os camponeses enfrentaram bravamente os militares, mas os últimos saíram com forte vantagem.

No ano de 1916, a guerra termina com os militares prendendo um dos chefes do movimento em seu estágio final. O homem foi condenado a trinta anos de prisão.

O conflito do Contestado representou o desinteresse político com relação ao povo, dando importância apenas ao crescimento econômico e ao progresso.