Como fazer dieta do carboidrato e os seus benefícios

dieta do carboidrato beneficios e como fazer Dieta do Carboidrato   Benefícios e como Fazer

Conheça os benefícios e como fazer dieta do carboidrato, uma das dietas mais bem aceitas da atualidade, com resultados surpreendentes e que ainda melhoram a sua saúde. Mas como todo dieta que se preze, a dieta do carboidrato precisa de disciplina e dedicação, faz bem para a saúde, mas deve ser feita corretamente e sem exageros. Esta dieta consiste em não comer alimentos que contenham muito carboidrato, desta forma o nível de gordura do corpo diminuí, levando a perda de peso.

O principio lógico básico da Dieta do Carboidrato é a de fazer com que a glândula chamada Cetônio, que se alimenta de carboidratos, fique sem ter o que consumir, passando a se alimentar da gordura do próprio corpo, tudo de forma natural. Isso acontece já após 48 horas se a ingestão de carboidratos no corpo, ou diminuindo drasticamente o consumo de alimentos que contenham carboidratos. E para não prejudicar a sua saúde, você não precisa passar fome, basta substituir alimentos ricos em carboidratos, pelos ricos em proteínas. E você já notará o resultado desta dieta nas primeiras 48 horas que começar a faze-la.

Como fazer Dieta do Carboidrato

Basicamente você precisa se alimentar de 3 em 3 horas, com alimentos que não contenham carboidratos, ou que tenham um número baixo desta substância. E você vai perder peso, sem precisar passar fome.

Lista de alimentos permitidos na Dieta do Carboidrato:

  • Água com gás e natural, presunto, ovos cozidos, frango, manteiga, linguiça, bacalhau, bacon, sopa de legumes, repolho, sal, quiabo, aves, azeite, legumes verdes (todos eles), café, limão, peixe, tomate (máximo 3 por dia), carnes e muitos outros alimentos.

É interessante ver na lista acima alimentos como bacon, ovos e café. O que significa que você pode tomar café da manhã com omelete com bacon e café, e mesmo assim poder dizer que está de dieta.

Alimentos totalmente proibidos na Dieta do Carboidrato:

  • Feijão, arroz, farinhas (todas elas), mandioca, aipim, massas (todas), iogurte, queijo, batata (doce e salgada), milho verde, cuscus, ervilha, bolachas (todas), quibe, maizena, achocolatados, apresuntados, produtos enlatados (ver informações nutricionais), frutas, tortas e bolos.

Esta dieta deve ser feita por no máximo 30 dias, e recomenda-se o intervalo de 3 dias por ciclo de dieta, que deve ter 15 dias cada ciclo.