Dicas para saber como beijar bem

como beijar bem Como Beijar Bem

Entre as várias preocupações dos garotos e das garotas na hora H, como se aproximar, que tipo de conversa ter, quais os sinais de que ela ou ele estão interessados, o que não fazer etc… Com certeza, a maior preocupação, é o beijo. O beijo é o ponto-chave de um encontro e a fina linha que separa um “ele é meu namorado” de “ah, ele é só um cara com quem saí uma vez”. Como evitar que você não se enquadre no segundo grupo?

A primeira coisa que você deve saber é se você está, digamos, “beijável”. Uma maneira boa de saber se seus lábios estão atraentes, é passá-los um contra o outro. Estão ressecados? É melhor beber alguma coisa. Não adianta lamber os lábios. Saliva resseca e pode causar fissuras, que não são nada atraentes, além de serem um prato cheio para transmitir infecções. Pra quem tem problemas crônicos de ressecamento labial, vale passar manteiga de cacau. Deixam os lábios macios.

E outro ponto-chave é o seu hálito. Mantenha sempre nos seus bolsos um chiclete refrescante ou uma bala de sabor agradável. Halls, Icekiss, Tic-Tac de menta ou de laranja, Trident. Você pode oferecer para a garota também. Só não deve fazê-lo de maneira que ela possa achar que você está dando uma indireta do tipo: “você está com bafo”. Evite balas muito doces. O açúcar dá muita sede, deixa a boca seca e engrossa a saliva, deixando um odor desagradável. O ideal são balas que contenham hortelã, menta ou eucalipto na sua composição. Além de deixar seu hálito refrescante, pode dar um gostinho na hora do beijo. Experimente dar um beijo de língua com um Trident+ de uva ou de morango. Não se esqueça de escovar os dentes, também. Higiene é muito importante. Se você não anda com seus dentes escovados, nem precisa ler o restante do artigo para saber como beijar bem.

Outro ponto importante é receber e passar os sinais certos. Mantenha o contato visual. Claro que você tem que deixar claro que quer beijá-la, mas seja discreto. Olhar diretamente nos olhos é muito importante. Olhar pros lábios dela só de relance. Ficar encarando os lábios vai te deixar parecendo desesperado. Tente se aproximar mais. Contato físico por proximidade pode ser um bom sinal. Se ela for aceitando a aproximação, pode chegar mais perto. Se a troca de olhares não já estiver muito óbvia, está na hora de ser sincero. Sugira, como que brincando o beijo. Se ela rir de leve e retornar com um olhar positivo para você, ou melhor, um sorriso, experimente tocar o rosto dela e aproximar o seu. Se ela aceitar o gesto, hora do beijo. Mas, e agora, o que fazer?

É muito importante lembrar que você não deve ir direto para os beijos mais quentes e mais íntimos. Comece com algo simples. Um beijo simples consiste em apenas tocar os lábios, pressionando os dela entre os seus e vice versa. Não se esqueça de inclinar um pouco o rosto, para deixar o beijo mais confortável e com muito mais contato entre os lábios. Coloque o lábio dela entre os seus, pressionando delicadamente e puxando suavemente. Você pode testar sua pressão fazendo isso com seu dedo mindinho entre os lábios. Para ter idéia da sensação e saber a maneira certa de puxar os lábios, experimente pressionar seu lábio inferior entre o polegar e o indicador, puxando-o suavemente.

Evite acidentes no beijo. O ideal é começar o beijo a uma distância segura. Não mais que quatro dedos de distância. Mais do que isso, e você poderá cometer um erro grave: bater seus dentes contra os dela. É muito doloroso e conta muitos pontos contra seu beijo. Varie seu beijo. A pressão, a direção para onde você vira o rosto entre um beijo e outro. E o contato físico é muito importante. Pode ser pôr suas mãos gentilmente em volta do rosto dela, posicionando-as nas sua bochechas. Acariciando a raíz dos cabelos dela. Outro contanto seguro é por um braço sobre o ombro dela e outro em volta da cintura. Tudo muito suavemente e sem muita pressão, é claro. Nesse meio tempo, não se esqueça de respirar. Apenas inspire e solte o ar suavemente pelo nariz. Você pode treinar isso também. É muito importante. Você não vai querer parar um beijo por que a garota pensou que você estava asfixiado.

E os beijos de língua? Bem. Não existe uma maneira exata de dar um beijo de língua, mas existem erros universais que devem ser evitados. Um problema muito reclamado por algumas garotas é o excesso de saliva. E isso serve pro beijo de lábios, também. Controle sua salivação. Tente evitar que sua boca produza muita saliva durante um beijo. Engula ela, se for preciso. Não vai lhe fazer mal. Outro problema é a velha língua dura. Treine sua língua para ter mais elasticidade. A garota não vai querer se sentir como se tivesse uma catraca deslizando dentro da boca dela durante um beijo. Vale também lembrar que você não deve tentar ir tão fundo. Não tem nada de interessante pra achar nas amígdalas de uma garota. A idéia é apenas tocar a língua suavemente com pequenos movimentos. Mais nada pode ser ensinado sobre um beijo de língua. Você tem de descobrir o que a outra pessoa gosta.

Lembre de completar seu beijo com carícias leves, e uma troca de olhares entre um beijo e outro também pode ajudar a manter o interesse. Alternar entre os beijos também é importante. Começar com um beijo leve para depois entrar num beijo mais longo e quente, dando pequenos “selinhos” e algumas “coladas” (puxar os lábios da pessoa entre os seus lábios ou dentes. Na segunda opção, cuidado com a pressão). Boa sorte, beije bem e seja criativo!